visitas onlines

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

O filho da filha do bicho preguiça

sexta-feira, 25 de novembro de 2016


Olá Pessoal!


Traiçoeira
A mente nos parece tão amiga, está sempre em estado de concordância e por isso tão fiel a nós mesmos. Ah, mas não se engane, ela cria o teu paraíso e o teu inferno constantemente, de acordo com o tipo de alimento que dás a ela. E a constância e a repetição, fidelidade a determinado alimento lhe causará sensações, agradáveis ou não. E estas sensações transformadas em emoções serão a bússola da estrada que inevitavelmente você se encontrará. Todo o seu desejo será atendido, mas não aquele expresso pela boca, mas aquele que sua querida mente alimentou e transformou em sentimento. A mente só é sua verdadeira amiga quando você a direciona, e não quando corre solta conforme suas crendices. Alimente sua mente de maneira que você não tenha indigestão.
Marlene



quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Olá Pessoal

Ao vento
Avistou,da janela, um pedaço de papel volitando no ar. A brisa que emanava no momento era morna, calma. O que estaria aquele pedaço de papel, sozinho, a fazer? Sozinho? Emanuele também estava sozinha, curvou-se, apoiando as pequeninas mãos ao parapeito da janela, nesse momento pode sentir,ainda mais, a brisa quente a lhe beijar a face. Alguns fios de seu cabelo dançaram a melodia da brisa, e o papel como hipnotizado pelo olhar da moça, veio cair de encontro ao parapeito da janela, da janela cor de vinho, bem pertinho das mãos, pequenas e pálidas de Emanuele, que tão solitária fitava-o. A pálida mão segurou o papel, e no branco da folha, um vazio inquietante. O papel, tão sozinho, a moça tão abandonada e uma folha de papel em branco. A brisa soprou mais forte, mais quente. A moça recolheu o corpo para dentro, sentou-se na cadeira em frente a uma mesa, e na folha de papel escreveu, e num rompante soltou-a novamente ao vento. O vento a levou. Agora a folha tão sozinha, não estava mais em branco, tão vazia como antes, agora estava acompanhada com as doces palavras de Emanuele: "Ao vento, todo o meu amor." No canto da folha, assinado: Emanuele.
Marlene




terça-feira, 24 de maio de 2016

BOINA DE TRICÔ COM FLOR DE CROCHÊ




Olá Pessoal!

Uma boina saindo do forno, feita em tricô com flor em crochê.
A boina foi inspiração ao assistir o vídeo no YouTube

Ateliê na TV - Rede Brasil - 22.04.16 - Alessandra Palante e Luciana Kummer

 Luciana Kummer, aquela das bonecas lindas que já falei no post anterior.  Então achei que poderia fazer uma flor, também em lã, para dar uma graça. Procurando no YouTube achei o vídeo explicativo, de Ju crochê, de uma flor ao qual eu achei que ficaria perfeita. Pesquisa lá no YouTube:

Passo a Passo Flor Amore por JNY Crochê

Espero que tenham gostado das dicas.


quinta-feira, 19 de maio de 2016

BONECA DE PANO




Olá Pessoal!

Andei me aventurando no mundo das bonecas de pano. Esta aí é baseada no trabalho de Luciana Kummer, artesã talentosíssima.  Puxa o nome dela lá no YouTube que você achará lindos trabalhos feito por ela. Esta aí em cima na foto foi eu quem fiz.

Abraços!

sábado, 14 de maio de 2016

Criando sua própria história - Estilo fanzine







Olá Pessoal!



Postando mais um vídeo, lá do meu canal no YouTube.Neste vídeo explico como fazer pequenos livrinhos, baseados na estrutura dos fanzines. Espero que esta ideia lhes sejam útil. Acho a ideia ótima para dar de lembrancinha de aniversário, da gurizada. História feita por eles, ou sobre eles.



Abraço!


terça-feira, 10 de maio de 2016

O tatu o cachorro-do-mato e a tartaruga





Olá Pessoal!



Mais um vídeo de história de bicho de mato. "O Tatu o cachorro-do-mato e a tartaruga" do livro Contos de Bichos do Mato, de Ricardo Azevedo.

sábado, 7 de maio de 2016

O filho da filha do bicho preguiça





Olá Pessoal!

     Já faz algum tempo que minha vontade me direciona para outro rumo, que não o do artesanato, porém isto não quer dizer que o abandonei de vez. Não, com certeza, sempre que me dá vontade me permito brincar dentro deste maravilhoso mundo. Hoje, meu tempo é dedicado a contação de histórias e tudo que se relaciona a isto. Fiz alguns cursos e continuando buscando me aperfeiçoar. Reavivei na contação um mundo que já habitava dentro de mim, um mundo de ideias, de palavras, de mensagens que posso passar e receber. Uma troca gostosa onde me permito compartilhar da companhia de pessoas, em especial as crianças para uma boa roda de conversação e um desvendar de um mundo mágico, que só as histórias podem nos remeter. Para selar ainda mais este mundo encantado das histórias, criei um canal no YouTube, onde conto histórias e pretendo no decorrer das postagens, trazer para dentro da contação, um pouco do artesanato que por muito tempo me inspirou e que ainda  tem espaço dentro do meu coração.  Trago para vocês um dos vídeos de contação de histórias.

Marlene